Aneel nega recurso e mantém multa de R$ 1,7 milhão à Energisa por problemas nos serviços

Decisão foi publicada em Diário Oficial
| 31/05/2022
- 07:00
Concessionária foi multada pela Aneel
Concessionária foi multada pela Aneel. Foto: Arquivo

A diretoria-geral da Aneel (Agência Nacional de Energia Elétrica) negou recurso e manteve decisão da Agems (Agência Estadual de Regulação de Públicos de Mato Grosso do Sul) que aplicou multa de R$ 1.749.500,95 à .

Conforme despacho publicado no Diário Oficial da União de segunda-feira (30), assinado pela diretora-geral substituta Camila Figueiredo Bonfim Lopes, a sanção é fruto do descumprimento de regras quanto à qualidade do serviço de fornecimento de energia.

Em 2020, a Aneel aplicou multa de R$ 3,4 milhões à Energisa. A concessionária, no entanto, recorreu à Agems para reverter a penalidade e apresentou informações de que estava acatando as recomendações enviadas pelos órgãos reguladores.

Por este motivo, em dezembro daquele ano, a Agems decidiu pela redução da multa em 48%, fixando o total de R$ 1.749.500,95. Ocorre que a Energisa recorreu novamente, tentando se livrar de vez da multa, mas teve o pedido negado pela Aneel.

Por meio da assessoria de imprensa, a concessionária disse que iria avaliar as melhores possibilidades quanto a esta decisão. "A Energisa informa que está avaliando a decisão da diretoria da Aneel para melhor condução do processo", afirmou.

Lucros da Energisa

Só ano passado, o lucro líquido total da Energisa foi de R$ 3,1 bilhões. No último trimestre do ano passado, o lucro líquido foi de R$ 582,6 milhões — um acréscimo de 203,4%, comprovando que a energia é um bom negócio.

No começo do ano passado, em plena pandemia, a Energisa lucrou R$ 873,3 milhões só no primeiro trimestre — um crescimento de 50,1%. Já no segundo trimestre, esse mesmo lucro foi de R$ 749 milhões e no terceiro trimestre aumentou para R$ 863,9 milhões.

Veja também

Ataíde Feliciano da Silva perdeu mandato por acusação de compra de votos, ao fazer 2 doações de combustíveis a eleitores

Últimas notícias