A Comissão Permanente de Licitação da Prefeitura de Campo Grande notificou a empresa que disputa a licitação de R$ 5,1 milhões, para reforma e adequação do Centro de Belas Artes, para adequação de proposta. O aviso é mais um passo no andamento da concorrência – segundo divulgado, são três dias úteis de prazo para manifestação. 

A obra, cujo projeto original era instalação da rodoviária da cidade, mas que teve a finalidade modificada posteriormente, teve contrato rescindido no capítulo mais recente. Em 2020, o município abriu concorrência para retomada e chegou a contratar a vencedora no certame, Vale Engenharia e Construções, por R$ 3.175.125,66.

Porém,  processo judicial envolvendo a construção paralisou seu reinício. Os preços contratados se tornaram ‘inexequíveis’, durante o desenrolar da ação, afirmou o secretário de Infraestrutura e Serviços Públicos, Rudi Fioresi, em abril deste ano.

A informação na época foi de que a secretaria estava atualizando o orçamento da obra para abrir um novo certame. Os envelopes com a documentação de habilitação e a proposta foram abertas em 17 de novembro de 2021.