Com crise na saúde por pandemia, ministério repassa R$ 1,6 milhão para reforçar atendimento de renais crônicos

O Ministério da Saúde autorizou repasse de R$ 1,6 milhão para o Estado de Mato Grosso do Sul e sete municípios reforçarem o atendimento a pacientes portadores de doenças renais em meio à pandemia de Covid-19. A portaria foi republicada na edição desta quarta-feira (27) do DOU (Diário Oficial da União). Para estabelecer o envio […]
| 27/01/2021
- 11:04
Com crise na saúde por pandemia, ministério repassa R$ 1,6 milhão para reforçar atendimento de renais crônicos
(Foto: Arquivo, Subcom-MS) - (Foto: Arquivo, Subcom-MS)

O Ministério da Saúde autorizou repasse de R$ 1,6 milhão para o Estado de Mato Grosso do Sul e sete municípios reforçarem o atendimento a pacientes portadores de doenças renais em meio à pandemia de . A portaria foi republicada na edição desta quarta-feira (27) do DOU ().

Para estabelecer o envio dos recursos, o ministro Eduardo Pazuello levou em conta o impacto da doença causada pelo novo coronavírus no SUS (Sistema Único de Saúde) sobre o atendimento dos renais crônicos, provocando um aumento de casos de insuficiência renal aguda.

A SES (Secretaria de Estado de Saúde) vai receber R$ 141,6 mil. Entre as cidades, Campo Grande ficará com o maior montante, de R$ 798,8 mil. Dourados contará com R$ 228,1 mil.

Corumbá terá R$ 130,1 mil; Aquidauana, R$ 105,4 mil; Três Lagoas, R$ 85,5 mil; Paranaíba, R$ 82,5 mil; e Coxim, R$ 45,7 mil. Os recursos serão repassados em parcela única aos respectivos fundos estadual e municipais.

Veja também

Começa nesta terça-feira (28) julgamento que pode anular contrato bilionário do Consórcio Guaicurus

Últimas notícias