Governo aditiva em R$ 6 milhões o contrato para construção da Uems de Campo Grande

Prazo de execução dos serviços também foi estendido
| 29/07/2015
- 18:44
Governo aditiva em R$ 6 milhões o contrato para construção da Uems de Campo Grande

Prazo de execução dos serviços também foi estendido

O governo do Estado aditivou pela quinta vez o contrato que mantém, por meio da Agesul (Agência de Empreendimentos de Mato Grosso do Sul), com o Consorcio Maksoud Concrelaje e, com isso, a empresa receberá R$ 6.118.483,17.

Trata-se do contrato nº008/2014, no qual tem como objeto a construção de quatro blocos da unidade da (Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul), que está sendo erguida em Campo Grande, na MS-080, do lado do Centro de Pesquisas da Agraer, na saída para Rochedo.

O extrato da contratação foi publicado em 31 de janeiro de 2014 e o do quinto termo aditivo na edição desta quarta-feira (29), no Diário Oficial do Estado. Além do acréscimo, o contrato também será prorrogado por 90 dias, conforme publicado.

Segundo o governo estadual, a previsão de investimentos era de R$ 24.813.346,18 para construção dos quatro blocos e a prazo de execução dos serviços de 240 dias. Já as construções dos blocos 5, 6 e 7, onde funcionarão os cursos de pós-graduação, Medicina, Geografia e Pedagogia, além de laboratório, iriam custar R$ 12,5 milhões, sob a responsabilidade do consórcio Marco – Sotef. E a supervisão da obra ficou a cargo da Neo Engenharia e Consultoria.

Veja também

Últimas notícias