Pré-campanha em Mato Grosso do Sul fica mais cara e prioridade de 2022 é 'segurar o tempo'

Eleições de 2022 seguem em compasso de espera enquanto pré-campanha em Mato Grosso do Sul atinge custos altos
| 11/07/2022
- 08:40
Pré-campanha em Mato Grosso do Sul gasta muito para desacelerar decisão enquanto números empacam
Pré-campanha em Mato Grosso do Sul gasta muito para desacelerar decisão enquanto números empacam (Ilustração sobre reprodução, Web)

A pré-campanha em Mato Grosso do Sul está cada vez mais cara, segundo quem mexe com dinheiro. Embora a contabilidade oficial nem tenha começado para alguns, todos concordam que os custos subiram muito enquanto as eleições de 2022 seguem em compasso de espera.

O custo, dizem, está diretamente ligado às altas acumuladas nos preços em geral. No entanto, teria a ver também com o produto que mais se procura para comprar: .

Enquanto resultados não chegam, os esforços em vários diretórios estariam centrados em ganhar fôlego e adiar a tomada de decisões que podem mudar todo o cenário eleitoral sul-mato-grossense.

Nos principais 'comitês informais' que já funcionam em Campo Grande, a semana começa com muita expectativa para conversas decisivas que estariam sendo encaminhadas para os próximos dias.

Enquanto isso, alguns passaram o estudando como podem ganhar mais tempo ao mesmo tempo que receberam 'sinal amarelo' para o volume de gastos dos últimos dias.

Pré-campanha em Mato Grosso do Sul com ar de campanha

Para maioria dos que atuam no mercado das campanhas partidárias, a pré-campanha em Mato Grosso do Sul já tem ar de campanha oficial faz alguns meses.

Teria desde campanha publicitária velada rolando até esforço de assessoria moldando narrativas e perfis.

Isso, sem falar no aquecido mercado dos números, com pesquisas que primam, digamos, pela 'diversidade' dos cenários supostamente recortados estatisticamente.

Por enquanto, quem não apareceu ainda teria sido apenas o principal convidado da festa democrática. Eleitores continuam vagarosos em declarar apoio e a maioria sequer parou para pensar 'sério' nos nomes para 3 de outubro.

Esta realidade, para desespero dos marqueteiros, nenhum dos levantamentos consegue mascarar a menos de 100 dias para as eleições de 2022.

Sabendo de algo que MS precisa saber? Conta pro Midiamax!

Nem precisa ser sobre rastro de sexo no órgãos públicos de Mato Grosso do Sul. Se você está por dentro de alguma informação que acha importante o público saber, fale com jornalistas do Jornal Midiamax!

Fala Povo: O leitor pode falar direto no WhatsApp do Jornal Midiamax pelo número (67) 99207-4330. O canal de comunicação serve para os leitores falarem com os jornalistas. Se preferir, você também pode falar com o Jornal direto no Messenger do Facebook.

Veja também

Segundo ativistas, vazamentos de nudes de político prejudicam combate à atuação de predadores sexuais em órgãos públicos de MS

Últimas notícias