Carteirada no trânsito vai render multa em Campo Grande: 'pra deixar de ser otário'

| 29/04/2022
- 10:20
carteirada no trânsito
Carteirada no trânsito deve render multa para nervosinho (Reprodução, Web)

Carteirada no trânsito vai sair caro para estressadinho que abusou dos contatos poderosos e deu verdadeiro show em avenida de Campo Grande enquanto deixava a SUV branca atravessada na via.

Deu uma de bravo, falou alto, gesticulou para autoridades e sapateou...

Tudo, dizem testemunhas, porque se irritou com ciclista que reagiu ao fato de ele dirigir como um típico ignorante de grande nas ruas da capital sul-mato-grossense.

O mais inusitado é que o próprio sujeito mantém nas inúmeras postagens defendendo os direitos de quem anda de bicicleta e pagando de ciclista militante!

Mas, como a cidade anda cheia de maus exemplos de comportamento no trânsito, com episódios que envolveram até autoridades, o sujeito achou que podia parar a vida de todo mundo e curtir seu momento de poderoso.

Carteirada no trânsito chamou a atenção e gerou antipatia

De posse do celular, falou com poderosos, incomodou meio mundo com a carteirada no trânsito. Deu até ordens para equipe que estava no local e deveria garantir a ordem, ganhando a antipatia geral.

O sujeito encheu tanto a paciência, que todos desistiram da treta enquanto só ele continuava gesticulando e falando alto ao celular.

Só que, empolgado com a ilusão de que é poderoso, se esqueceu de verificar documentação e estado de conservação do próprio carrão.

Resultado: vai tomar multa até por equipamentos de sinalização que não estavam funcionando e que infringem regras do Código Brasileiro de Trânsito.

Sabendo de algo que MS precisa saber? Conta pro Midiamax!

Nem precisa ser sobre servidores de elite tratados como jagunços. Se você está por dentro de alguma informação que acha importante o público saber, fale com jornalistas do Jornal Midiamax!

Fala Povo: O leitor pode falar direto no WhatsApp do Jornal Midiamax pelo número (67) 99207-4330. O canal de comunicação serve para os leitores falarem com os jornalistas. Se preferir, você também pode falar com o Jornal direto no Messenger do Facebook.

Veja também

Em pleno ano eleitoral, erro grave revoltou até servidores de elite que se sentiram expostos à morte como jagunços

Últimas notícias