Política / Justiça

Justiça obriga Google a retirar vídeos ofensivos do Youtube

Uma decisão do Superior Tribunal de Justiça (STJ) definiu que o Google deve retirar qualquer vídeo com conteúdo ofensivo do Youtube e, não poderá disponibilizar em suas buscas sites com agressões ilegais. A informação da Folha de S.Paulo ainda revela que as vítimas atacadas não possuem obrigação de indicar os endereços das páginas em que […]

Arquivo Publicado em 20/03/2014, às 12h36

None

Uma decisão do Superior Tribunal de Justiça (STJ) definiu que o Google deve retirar qualquer vídeo com conteúdo ofensivo do Youtube e, não poderá disponibilizar em suas buscas sites com agressões ilegais. A informação da Folha de S.Paulo ainda revela que as vítimas atacadas não possuem obrigação de indicar os endereços das páginas em que as agressões foram feitas.


Com a decisão, o Google terá que procurar e tirar do ar os vídeos. Segundo o ministro Luis Felipe Salomão, a decisão terá impacto na propaganda eleitoral; ele ainda classificou os ataques anônimos como “barbáries e típicas do nosso tempo” que o judiciário não pode se omitir.


A ação foi tomada no julgamento da empresa Dafra contra o Google, por uma propaganda de uma moto – estrelada por Wagner Moura – ter sido adulterada. O Google tirou os vídeos do Youtube, mas outros vídeos voltaram a ser postados no site. Não cabe recurso à decisão.

Jornal Midiamax