Política / Justiça

Depois de determinação do STJ, médicos peritos do INSS retornam hoje

Depois de 84 dias de greve, os médicos peritos da Previdência Social retornam hoje (14) ao trabalho. Segundo o vice-presidente da Associação Nacional dos Médicos Peritos, Emanuel Santiago de Menezes, a entidade orientou a todos os associados a voltarem às atividades em cumprimento à decisão do Superior Tribunal da Justiça (STJ). “Ainda não fomos comunicados, […]

Arquivo Publicado em 14/09/2010, às 12h59

None

Depois de 84 dias de greve, os médicos peritos da Previdência Social retornam hoje (14) ao trabalho. Segundo o vice-presidente da Associação Nacional dos Médicos Peritos, Emanuel Santiago de Menezes, a entidade orientou a todos os associados a voltarem às atividades em cumprimento à decisão do Superior Tribunal da Justiça (STJ).

“Ainda não fomos comunicados, mas uma decisão de Justiça a gente cumpre. Vamos contestar a decisão por meio de um agravo regimental. Pediremos para ser revista a decisão de ilegalidade da greve”, afirmou Menezes.


Ontem (13), o ministro do STJ Humberto Martins determinou que os peritos retornem ao trabalho a partir desta terça-feira. A decisão foi publicada hoje (14) no Diário da Justiça Eletrônico.


Segundo a associação, o ministro reconsiderou decisão liminar anterior e entendeu ilegal e abusiva a greve dos médicos peritos do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS). A continuidade da greve acarretaria no pagamento, pela associação, de multa diária de R$ 50 mil e no corte da folha de ponto dos peritos que faltarem ao trabalho a partir da publicação do ato.


A entidade convocou os médicos peritos para uma nova assembleia na próxima sexta-feira (17). O objetivo é analisar a decisão da Justiça e os próximos passos do movimento.


Jornal Midiamax