Neve em Três Lagoas

A Prefeitura de Três Lagoas usou as redes sociais para brincar com a chegada do frio. Marca da cidade, o Cristo Redentor foi agasalhado com um cachecol, em uma montagem que usa até neve como efeito.

Quase três décadas

No Dia dos Namorados, governador Eduardo Riedel publicou homenagem à esposa, Mônica Riedel. “Há quase três décadas juntos em todos os momentos, sempre namorados”, disse, desejando ainda aos seguidores um dia repleto de amor.

Momento amor

Outros políticos também aproveitaram para declarar todo seu amor às suas amadas no dia dos apaixonados. O vice-governador, Barbosinha, e a prefeita Adriane Lopes, também fizeram suas homenagens, assim como diversos parlamentares.

Desenvolvimento

A superintendente da Sudeco, Rose Modesto, recebeu o governador Eduardo Riedel em Brasília para discutir ações para MS. Riedel comemorou o fato da presidente do órgão ser da nossa terra: “Nada melhor do que ter na presidência da instituição uma sul-mato-grossense!”.

Cota

Vereadores de Dourados aprovaram projeto que estabelece cota para negros e indígenas nas vagas de concursos municipais. O projeto é de autoria do vereador Elias Ishy (PT).

Homenagem

A Assembleia Legislativa discute nesta semana projeto que institui homenagem de honra a repórteres fotográficos em Mato Grosso do Sul. O nome do diploma será Valdenir Rezende, repórter fotográfico vítima da covid.

Em discussão

Já começou a tramitar na Alems projeto que institui acesso de pacientes ao prontuário médico por meios eletrônicos, tanto na rede pública quanto na particular de saúde. A proposta prevê a criação de um sistema que o paciente poderá acessar pela internet.

Planejamento

Audiência Pública na Câmara de Campo Grande irá discutir, nesta quarta-feira, o tema: “Verticalização do Bairro Chácara Cachoeira”, que terá como ponto central os limites de edifícios a serem construídos no bairro. Regiões vizinhas como o Itanhangá Park e Jardim Bela Vista estão recebendo construções de prédios residenciais.

Isenções

Projeto que está sendo discutido na CCJR da Alems prevê isenção no pagamento de taxas para emitir 2ª via de documentos para pessoas idosas ou carentes que tenham sido alvo de ações criminosas como roubos e furtos. Atualmente, mesmo sendo vítima de ladrões, esses públicos precisam desembolsar R$ 188, a maior taxa do país.