O vereador Jamal Salem foi eleito novo presidente do MDB (Movimento Democrático Brasileiro), em . Jamal teve 14 votos, Youssif Domingos, 12, Djalma Santana, 11 votos, e Vanderlei Cabeludo recebeu quatro votos dos membros do diretório municipal. Este ano não houve consenso em disputa com chapa única.

Vereador por Campo Grande, Jamal Salem é médico e graduado em Administração Pública pela UNISUL (2009) e em Direito pela FCG (2010). Foi vereador nos anos de 1998 a 2000, eleito com 3.806 votos; de 2000 a 2004, reeleito com 4.472 votos; de 2008 a 2012, reeleito com 6.312 votos; de 2012 a 2016, reeleito com 5.552 votos; e este ano de 2020 foi eleito com 3.369 votos.

Atuou como assessor da Direção Geral do Regional Rosa Pedrossian, no desenvolvimento de atendimentos ambulatoriais (2005 a 2007) e foi secretário municipal de Saúde (2014 a 2015). Atualmente cursa nutrologia e atende em seu consultório como especialista em urologia e saúde do homem.

Disputa no MDB

No ano passado, Djalma, Ulisses Rocha e o vereador Dr. Jamal se colocaram como opções para disputar as eleições no diretório municipal. No entanto, pouco antes da data marcada, entraram em consenso e concorreram em chapa única com Ulisses vencendo.

Neste ano, Ulisses deixou o partido para ingressar ao PP e ser o secretário-adjunto de Governo de Campo Grande, na gestão da prefeita Adriane Lopes (PP).

Compõe o diretório municipal do MDB, além de e Márcio Fernandes como 1º e 2º vices-presidentes, Djalma Santana como secretário-geral, Paulo Siufi como adjunto, Jamal Salem como tesoureiro, Luiz Pedro Guimarães como 1º vogal, Mario David Cogo como 2º vogal e como líder da bancada.

Como suplentes da executiva estão 1º Dharleng Campos e 2º Carla Bernal. Como titulares do Conselho Fiscal estão Fabiano Reis, Victor Eugênio Tatão, Wilson Bellincanta e Jocilele Miquilini.

Já como suplentes fiscais estão Cícero Chagas de Oliveira, Eliane Silva, Andreia Moura e Heitor Lefreve Filho.