Neste sábado (27), a ministra Cida Gonçalves iniciou a série de agendas que realizará em Mato Grosso do Sul. Em Campo Grande, ela discutiu políticas de igualdade para mulheres.

A ministra citou que mulheres negras, quilombolas e indígenas precisam de políticas públicas para igualdade. “Nessa perspectiva nós também precisamos começar incluir essas mulheres para que elas possam lutar e ter condições de igualdade. Da situação de extrema miséria, elas não conseguem chegar a um patamar de pensar sobre o direito de igualdade”, disse durante a reunião.

Cida Gonçalves assina o acordo para construção das Casas da Mulher em Dourado e Corumbá na segunda-feira (29).

A Casa da Mulher de Corumbá será a primeira na região de fronteira no país. Já a de Dourados, será o primeiro projeto com atendimento especializado para mulheres indígenas.

Na segunda-feira (29), ela assina os acordos de Cooperação Técnica para adesão ao Programa Mulher Viver sem Violência e construção das Casas da Mulher. Por fim, participa do encontro com Mulheres da Agricultura Familiar.

A reunião deste sábado contou com a presença dos deputados estaduais Pedro Kemp e Gleice Jane. Além disso, a deputada federal Camila Jara e o presidente do PT-MS, Vladimir Ferreira, participaram da conversa.