O ex-vereador João César Mattogrosso foi exonerado da secretaria adjunta da Casa Civil e nomeado como assessor especial do Detran-MS (Departamento Estadual de Trânsito de Mato Grosso do Sul) nesta sexta-feira (26). A exoneração teria sido a pedido, segundo publicação do Diário Oficial do Estado.

No lugar de Mattogrosso volta à cúpula da administração estadual Daynler Martins Leonel, que havia sido exonerado neste mês do cargo de adjunto da SAD-MS (Secretaria de Estado de Administração) para dar lugar ao ex delegado-geral Roberto Gurgel na pasta.

Daynler Leonel (Assecom Governo do Estado)

Graduado em Gestão de Políticas Públicas pela Uniderp e bacharel em Direito pela UCDB (Universidade Católica Dom Bosco), Daynler atuou por quase 10 anos na Famasul (Federação da Agricultura e Pecuária de MS) no setor de Assessoria Sindical. Também integrou o Governo do Estado entre 2016 e 2017, quando atuou na Secretaria de Estado da Casa Civil.

Segundo apurado pelo Jornal Midiamax, Daynler vai para a Casa Civil para dar agilidade em processos e aprimorar a gestão do governo em relação aos municípios do interior do Estado. Ele receberá pelo CCA-00, correspondente a um salário bruto de R$ 33,6 mil.

João Cesar Mattogrosso receberá pelo CCA-02, correspondente a R$ 28,2 mil.

Mattogrosso renunciou ao cargo de vereador para assumir o lugar de Pedro Arlei Caravina, que apenas se licenciou da vaga de deputado estadual para ser secretário de Governo e Gestão Estratégica do governador Eduardo Riedel (PSDB).

No entanto, Caravina voltou ao cargo neste ano e João César, que havia ficado sem cargo, foi nomeado como adjunto da Casa Civil.