A ministra dos Povos Indígenas, Sônia Guajajara, deve retornar ao Estado para participar da Grande Aty Guasu na sexta-feira (24). A ministra passou por com a Caravana “Participa, Parente!” na última quarta-feira (15).

Desde esta terça-feira (21) até o domingo (26), a Caravana “Participa, Parente!” estará em . Segundo o Ministério dos Povos Indígenas, cerca de 1 mil indígenas participarão da assembleia.

Esta será a oportunidade de expressar os posicionamentos em relação às políticas indigenistas. Além disso, eles votarão para eleger os representantes que vão compor o CNPI (Conselho Nacional de Política Indigenista).

Segundo o Ministério, o CNPI “desempenha um papel fundamental, propondo objetivos e princípios para políticas públicas destinadas aos povos indígenas, acompanhando a execução do Orçamento Geral da União, apoiando eventos organizados pelos povos indígenas e monitorando ameaças ou violações de direitos”.

Passagem por MS

Prefeitos de 15 cidades de Mato Grosso do Sul pediram a implantação de um novo Dsei (Distrito Sanitário Especial Indígena) no Estado. Eles participaram de encontro com a ministra dos Povos Indígenas, Sônia Guajajara, na quarta-feira (15).

A ministra veio ao Estado na Comitiva ‘Participa Parentes’, com autoridades da (Fundação Nacional dos Povos Indígenas) e do Ministério da Saúde. Ela lembrou que os prefeitos presentes possuem população indígena nos municípios.

“A ideia é a gente aproximar essa relação para a gente pensar a implementação de políticas públicas dentro dos territórios indígenas”, destacou. O presidente da Assomasul (Associação dos Municípios de Mato Grosso do Sul), Valdir Júnior, destacou três reivindicações dos prefeitos.

“Nós pedimos foi o apoio do Ministério junto ao Dsei, também a criação de um novo Dsei para poder atender a outra região do nosso estado. Nós temos aqui a terceira maior população, nós temos apenas um polo para atender toda essa população”, justificou o pedido.

Ele também lembrou da falta de água nas aldeias em Dourados. “Uma dessas reivindicações é exatamente a rede de água potável, é notório o crescimento que essa comunidade indígena teve e essa falta de água vem assolando em todos esses municípios”, disse o presidente.

Ao todo, 15 municípios participaram da reunião. São eles: Antônio João, Bela Vista, Aquidauana, Amambai, Dois Irmãos do Buriti, Guia Lopes da Laguna, Japorã, Miranda, Paranhos, Ponta Porã, Porto Murtinho, Sidrolândia e Tacuru.

Saiba Mais