A senadora (Podemos) foi atingida na cabeça por um celular após a aprovação do relatório da CPMI (Comissão Parlamentar Mista de Inquérito) do 8 de Janeiro, nesta quarta-feira (18), em (DF).

Após a aprovação, durante ato simbólico, governistas caminhavam em direção à Praça dos Três Poderes, invadido durante o 8 de janeiro.

No vídeo é possível ver que, no Salão Azul do Senado, Rodrigo Duarte Bastos, assessor do deputado federal Carlos Jordy (PL-RJ), oposicionista ao governo, filmava o ato com o celular acima das cabeças. O deputado petista (MG) então dá um tapa no celular que cai na cabeça da senadora.

A senadora então acionou a Polícia Legislativa para prender o assessor que saiu correndo. Depois, em entrevista, ao site Poder 360, Rodrigo disse que não agrediu ninguém. “Não agredi ninguém”.

A senadora publicou uma nota:

Sobre o ocorrido nesta quarta-feira (18/10), após entrega do relatório da CPMI do 8 de janeiro, em que a senadora Soraya Thronicke (Podemos-MS) foi atingida na cabeça por um aparelho celular, informamos que os fatos estão sendo apurados pela Polícia Legislativa, que tem acesso às câmeras do Senado Federal e é o órgão competente para averiguar o ocorrido. A senadora irá se manifestar somente após a apuração dos fatos.

Veja o vídeo:

Saiba Mais