Uma das ativistas históricas do PT (Partido dos Trabalhadores) de , Lucia Helena Novaes da Silva, morreu na madrugada desse domingo (17) na cidade. Ela estava internada no do Coração e foi vítima de complicações em decorrência de cirurgia cardíaca.

Professora aposentada e psicóloga, Lucia Helena era natural Marabá Paulista, interior de São Paulo, mas residia em há várias décadas. Ela deixa uma filha e um filho: Áurea e Adriano Novaes da Silva.

Segundo informações da família, ela estava internada desde o dia 3 de setembro com problemas cardíacos e precisou ser submetida a um implante de marca-passo no coração, mas teve complicações no pós-operatório e não resistiu.

Lucia Helena era filiada ao PT desde quando morava em e, há muitos anos em Dourados, permaneceu ativamente no partido. Foi secretária de Finanças e era a atual Secretária de Mulheres do PT.

“É com pesar e já com saudade lacerante que informo que minha mãe fez sua passagem daqui da terra para o plano de luz”, disse a filha da professora.

“A imagem que faço da Lúcia Helena era de alguém sempre serena, mas crítica e que chamava a atenção para mantermos a coerência em nossas falas e ações. A companheira assumia as causas das mulheres, pois acreditava que sua emancipação é o caminho para um mundo melhor”, afirmou o presidente do Diretório Municipal do PT, João Carlos de Souza, o “Joca”.