Nesta sexta-feira (24), o novo acesso ao bairro e a duplicação da avenida dos Cafezais foram debatidos entre uma reunião da Prefeitura de Campo Grande e o Governo de Mato Grosso do Sul. Os projetos são prioridade na gestão de ambas as admnistrações.

Participaram da reunião a prefeita de Campo Grande, Adriane Lopes (Patriota), e o secretário da Seilog (Secretaria de Infraestrutura e Logística de Mato Grosso do Sul), Hélio Peluffo. Os projetos ganhraram destaque durante o encontro sobre investimentos na Capital, com recursos Estaduais e Municipais.

Adriane destacou que o encontro visou “alinhar os avanços em nossas estratégias, para uma melhor entrega aos moradores da nossa cidade”. Enquanto Peluffo reforçou as obras serão encaminhadas com rapidez.

“O Governo coloca recursos e a prefeita também tem recursos, junto com a União. Essas obras serão céleres para atender a população rapidamente”, explicou. Além disso, Peluffo afirmou que o “governador me determinou que a gente possa construir as obras em conjunto, atender os bairros e fazer as entregas rapidamente”.

Por fim, também participaram o secretário de Infraestrutura e Serviços Públicos do município, Domingos Sahib Neto; o superintendente de Planejamento e Gestão da Informação, Rodrigo Giansante; e a secretária-adjunta da Seilog, Mirna Arce Torres.

Obras nas Moreninhas

A empresa Anfer Construções e Comércio venceu a licitação da Agesul (Agência Estadual de Gestão de Empreendimentos de Mato Grosso do Sul) para executar as obras de abertura do novo acesso das Moreninhas, em Campo Grande.

O aviso de resultado consta em edição do DOE (Diário Oficial Eletrônico). Assim, a empresa, com sede na Capital, receberá R$ 41.331.790,94 pelo serviço.

Na Avenida Alto da Serra, o projeto prevê asfalto, sistema de recapeamento. Além disso, as ruas Airton Sena, Ubirajara Guarani, Buenópolis e Inconfidentes também estão inclusas.

A Equipe Engenharia executará a outra frente de trabalho, na Avenida dos Cafezais. Então, o custo será de R$ 9.549.863,78.

Além do asfalto terão melhorias no sistema de drenagem e restauração pluvial. No trecho entre a rotatória da Avenida Delegado Alfredo Hardman e a Avenida Gury Marques. O projeto prevê 2,2 km de ciclovia e a duplicação da rua.

Enquanto o trecho entre a rua José Marcílio e a Avenida Delegado Alfredo Hardman será restaurado.

Saiba Mais