O Governo de Mato Grosso do Sul vai investir R$ 42 milhões no projeto do novo acesso às Moreninhas. Nesta etapa, serão revitalizadas as avenidas Alto da Serra e Cafezais, importantes vias da região sul de Campo Grande. Os avisos para as duas obras foram publicados na edição do Diário Oficial desta segunda-feira (22) e a expectativa é de que as obras comecem ainda neste ano.

Na Avenida Alto da Serra fica, no Bairro Moreninhas, o projeto prevê asfalto, sistema de drenagem e recapeamento, que também inclui as ruas Airton Sena, Ubirajara Guarani, Buenópolis e Inconfidentes. O custo previsto é de R$ 42 milhões e a intervenção é uma das obras do projeto que vai ligar as Moreninhas à Avenida Guaicurus.

“Essa rua sempre teve problemas com buracos e escoamento da água. Chove um pouco e já enche de buracos aqui”, comenta a contadora Marli Gomes Sandim, de 64 anos, que mora na Avenida Alto da Serra desde a década de 1980.

Já na Avenida dos Cafezais, via com pouco mais de três quilômetros, as obras vão beneficiar moradores dos bairros Canguru, Centro-Oeste, Macaúbas, Marajoara, Mário Covas e Paulo Coelho Machado.

Além de asfalto serão feitas melhorias no sistema de drenagem e restauração pluvial. No trecho entre a rotatória da Avenida Delegado Alfredo Hardman e a Avenida Gury Marques será implantada ciclovia e a rua deve ser duplicada. Já o trecho entre a rua José Marcílio e a Avenida Delegado Alfredo Hardman será restaurado. O investimento previsto na obra é R$ 9,8 milhões.

“O trânsito aqui é muito ruim principalmente nos horários de pico. Às vezes acontecem acidentes e não tem como passar por aqui”, relata o entregador Juan José, 25. “Realmente é um tanto complicado para quem dirige por aqui”, completa o técnico em segurança eletrônica Marcos Moraes, de 36 anos.

Para o governador Reinaldo Azambuja, as revitalizações são prioridades para os campo-grandense. “Esses dois projetos foram colocados como fundamentais para a cidade em reuniões que tivemos com a Prefeitura de Campo Grande. Por isso, tomamos frente para executar essas melhorias significativas”, comentou o governador Reinaldo Azambuja (PSDB).

O secretário de Infraestrutura do Estado, Renato Marcílio, também classifica as duas obras como emblemáticas para Campo Grande. “O novo acesso às Moreninhas é muito esperado pela população local e vai encurtar o caminho entre o centro e bairro. Já a restauração da Avenida Cafezais vai permitir melhores condições de tráfego naquela via, beneficiando principalmente comerciantes e moradores. Com o lançamento das licitações, vamos analisar as propostas e escolher as empresas que executarão os serviços. A previsão é que as obras iniciem ainda este ano”, ressaltiu