Em reunião realizada na manhã desta quarta-feira (18) na (Comissão de Constituição, Justiça e Redação) da Alems (Assembleia Legislativa de Mato Grosso do Sul), os deputados estaduais aprovaram 53 projetos de títulos de cidadão sul-mato-grossense e outras comendas.

Também houve parecer favorável ao Projeto de Lei Complementar 6 de 2023, do deputado Pedrossian Neto (PSD), que obriga empresas com benefícios ou incentivos fiscais a destinarem parte do imposto de renda devido ao FEDPI/MS (Fundo dos Direitos da Pessoa Idosa).

Atualmente, a Lei Complementar 93 de 2001 condiciona a concessão de benefícios ou incentivos fiscais à obrigação da empresa de destinar anualmente, até o dia 30 de dezembro, parte do imposto de renda devido ao FEINAD/MS (Fundo Estadual para a Infância e a Adolescência).

As demais matérias foram relatadas e apresentadas por Mara Caseiro (PSDB), Junior Mochi (MDB), Antonio Vaz (Republicanos), (PSDB) e Pedrossian Neto.

Pareceres favoráveis

Projeto de Lei Complementar 14 de 2023, do Poder Executivo, que estabelece, entre outras medidas, salarial, retroativo a 1º de outubro, de 14,95% aos professores efetivos do Estado.

Projetos de Resolução 47, 48, 49, 50, 51, 52, 53, 54, 55, 56, 57, 58, 59, 60, 61, 62, 63, 64, 65, 66, 67, 68, 69, 70, 71, 72, 73, 74, 75, 76, 77, 78, 79, 80, 81, 82, 83, 84, 85, 86, 87, 88, 89, 90, 91, 92, 93, 94, 95, 96, 97, 98 e 99 de 2023 concedem Título de Cidadão Sul-Mato-Grossense e a Comenda do Mérito Legislativo foram aprovados.

Saiba Mais