O deputado estadual Amarildo Cruz (PT) continua internado em estado grave no Hospital de . A morte do parlamentar chegou a ser confirmada por integrantes da equipe do deputado, no entanto, a informação foi corrigida pela direção do hospital.

Vale ressaltar que a equipe do Jornal Midiamax estava no gabinete de Amarildo na Legislativa e a confirmação da morte do parlamentar foi repassada por funcionários do deputado, que lamentavam a morte e também confirmavam a informação para outros parlamentares.

Diretor do Proncor, Bruno Alexandre de Silva, informou ao Jornal Midiamax que o deputado estadual segue em estado grave de saúde.

Chefe de gabinete de Amarildo, Paulo Barbosa também confirmou que Amarildo segue internado em estado grave.

Vereadores da Municipal de Campo Grande chegaram a fazer 1 minuto de silêncio e encerrar a sessão, após a informação da morte ser inicialmente confirmada por integrantes da equipe de Amarildo.

Internado com miocardite

Amarildo deu entrada na unidade ainda na madrugada. No fim daquele dia, o parlamentar teria sofrido uma parada cardiorrespiratória e precisou ser reanimado. O petista foi intubado e passou por diálise, conforme apuração do Jornal Midiamax. Ele teria um quadro de miocardite.

O gabinete do parlamentar não divulgou anteriormente detalhes do estado de saúde, e a família apenas relatou que Amarildo estaria estável e sendo tratado com antibióticos.

O petista está no quinto mandato, chegando a ir à Alems (Assembleia Legislativa do Estado de MS) por duas vezes como suplente. Divorciado, é pai de três filhos.