TSE vai julgar homologação do União Brasil na próxima terça-feira

Fusão entre DEM e PSL será julgada pelo ministro Edson Fachin e se aprovada, será a maior sigla com deputados eleitos
| 03/02/2022
- 22:36
Homologação do partido é o primeiro item da pauta que será julgada por Edson Fachin
Homologação do partido é o primeiro item da pauta que será julgada por Edson Fachin, na próxima terça-feira (8) - Foto: Poder 360

Após a fusão entre partidos PSL e DEM ter sido aprovada no ano passado, o TSE (Tribunal Superior Eleitoral) irá julga a homologação do União Brasil, na próxima terça-feira (08). A ação é o 1º item da pauta e será levada a discussão às 19h, tendo como relator o ministro do TSE Edson Fachin. Se aprovada, a sigla será a maior com número de eleitos na Câmara dos Deputados. 

Aprovada em outubro de 2021, a fusão ainda não foi consolidada porém já vem gerando atritos políticos entre os filiados do DEM e PSL, não só em âmbito nacional, mas como também no regional. Cotada para ser a líder do partido no , o nome da senadora Soraya Thronicke (PSL) foi um divisor de águas no diretório estadual, pois o que era pra ser uma união entre siglas separou totalmente quem é a favor de seu nome e quem seguirá a Ministra (DEM) após a abertura da janela partidária. 

Soraya Thronicke falou sobre as expectativas da aprovação e como a executiva trabalha com visão de eleger muitos representantes aptos para cargos políticos. "Estamos otimistas e esperar formar o União Brasil dentro dos trâmites legais para isso. No Mato Grosso do Sul já começamos a alinhar o diretório estadual para que possamos ter nomes com boas condições de eleição e que representem bem a missão do União Brasil", destacou. 

A deputada federal Rose Modesto (PSDB) será a candidata oficial para o cargo ao Governo do Estado neste ano pelo partido e anunciará sua saída um dia antes do julgamento da homologação. Outro nome visado pela fusão na executiva nacional é do ex-ministro da Justiça, Sérgio Moro (Podemos). A união dos partidos somará 81 deputados na Câmara e 7 senadores, além disso é comandada por Luciano Bívar (PSL) e ACM Neto (DEM). 

Veja também

Laranja? Na reunião de apresentação dos pré-candidatos do PDT, um dos membros da mesa -...

Últimas notícias