Suplente de Tereza Cristina, Bia Cavassa se despede da Câmara dos Deputados

Ela exerceu três anos de mandato enquanto Tereza estava no Ministério da Agricultura
| 30/03/2022
- 18:31
Bia Cavassa suplemente tereza cristina
Foto: Reprodução | Redes Sociais.

Após quase três anos exercendo mandato de deputada federal, Bia Cavassa (PSDB) se despediu da nesta quarta-feira (30). A parlamentar é suplente da ex-ministra Tereza Cristina (PP).

Na sessão desta quarta-feira (30), a deputada se despediu dos colegas após quase 38 meses de trabalho parlamentar. “Amadureci como deputada e cresci como cidadã”, disse Bia Cavassa ao fazer o último discurso do mandato.

“Nesses anos de legislativo, pude participar de matérias de imensa importância para nosso país”, pontuou. Ela lembrou que atuou na Comissão de como titular, além das comissões de Defesa da Mulher e Meio Ambiente.

A parlamentar afirmou que tem mais de 15 anos de trabalho com políticas públicas para mulheres. “As medidas protetivas que existem são insuficientes, daí a importância de aprimorar nossa legislação, tornar as punições mais duras e oferecer instrumentos para extinguir a violência doméstica e de gênero”, destacou.

Além disso, retomou as contribuições nas causas ambientais. “Como pantaneira de Corumbá, vejo o aumento das queimadas com imensa preocupação, por isso apresentei o projeto de lei n 3.001/2019”.

A proposta torna obrigatória a criação de brigada permanente de combate aos incêndios florestais nos municípios com maior índice de queimadas do país. Por fim, Bia Cavassa agradeceu aos cidadãos sul-mato-grossenses pela confiança.

A 4ª secretária, deputada federal Rosangela Gomes (Republicanos-RJ), saudou Bia e a definiu como ‘dedicada’. “Vi o seu comprometimento com seu Estado e sua nação”, disse ao desejar sorte na próxima jornada. Tereza Cristina volta para a Câmara dos Deputados.

Tereza Cristina

Eleita deputada federal pelo DEM em 2018, Tereza Cristina se afastou da Câmara para assumir a Secretaria da Agricultura, Pecuária e Pesca no governo de Jair Bolsonaro (PL).

Para concorrer nas eleições de 2022, Tereza deixou o cargo e volta para a Câmara dos Deputados. A exoneração dela foi publicada no DOU (Diário Oficial da União) nesta terça-feira (29).

Veja também

O juízo da Vara de Falências, Recuperações, Insolvências e Cartas Precatórias Cíveis de Campo Grande...

Últimas notícias