O governador Reinaldo Azambuja (PSDB) e o governador eleito Eduardo Ridel (PSDB) vão para Brasília no dia 7 de dezembro para um encontro nacional com o presidente eleito Luiz Inácio Lula da Silva (PT).

De acordo com Reinaldo, o presidente quer reunir os governadores eleitos e os que deixarão as administrações para traçar estratégias de transição.

Perdas do ICMS

Riedel, que assumirá o Mato Grosso do Sul no próximo ano, adiantou em entrevista nacional que defende a materialização da compensação das perdas do ICMS.

De acordo com o governador eleito, por exemplo, a compensação deve ser via redução do pagamento da dívida e olhando as perdas por itens, e não a partir do recolhimento geral.

Semana de agendas

Na semana passada, Riedel cumpriu intensa semana de agendas, com coletiva para apresentar a equipe de transição junto com o governador Reinaldo Azambuja e conversa com os deputados estaduais para apresentar proposta de reestruturação das secretarias do Governo do Estado.

Além disso, visitou a prefeita de Campo Grande Adriane Lopes e os Poderes, como o MPMS (Ministério Público do Estado de Mato Grosso do Sul), TCE-MS (Tribunal de Contas do Estado de Mato Grosso do Sul), Defensoria Pública Estadual e TJMS (Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul).