O ex-governador de Mato Grosso do Sul, André Puccinelli (MDB), compareceu logo cedo para votar neste domingo (30), segundo turno das eleições gerais de 2022. Acompanhado da esposa, Elisabeth Machado Puccinelli, ele chegou às 7h20 na Lúcia Martins Coelho, em Campo Grande.

“A expectativa é de que este aconteça da mesma forma que o primeiro, de maneira tranquila e pacífica”, afirmou.

O emedebista ficou em terceiro lugar no primeiro turno, com 17,18% dos votos válidos. Ele declarou apoio na segunda rodada para Renan Barbosa Contar, o Capitão Contar (PRTB).

Ele disse que espera melhorias nas áreas de saúde, habitação e infraestrutura, mas garantiu que não pretende participar de um eventual governo Contar caso o deputado estadual vença a eleição pela Governadoria.

“Sou voluntário e não pretendo participar, mesmo se for convidado, e já deixei isso claro. Estou votando como cidadão naquele que pode desenvolver melhor trabalho para nosso Estado”, comentou.

O ex-governador disse que agora vai se dedicar a escrever livros, sobre sua trajetória como e como político.