Portaria publicada no DOU (Diário Oficial da União) confirma o terceiro nome de Mato Grosso do Sul na equipe de transição do presidente eleito Luiz Inácio Lula da Silva (PT). Assim, o ex-deputado federal e estadual de MS, João Grandão fará parte do Grupo Técnico de Desenvolvimento Agrário.

João Batista dos Santos foi nomeado pelo vice-presidente eleito Geraldo Alckmin (PSB) nesta quarta-feira (16). Uma portaria em edição extra do DOU confirmou a nomeação.

Com o ex-deputado estão: Célia Hissae Watanabe; Elisângela Araújo; Givanilson Porfirio da Silva; João Grandão; José Josivaldo Oliveira; Luiz Henrique Gomes de Moura (Zarref); Maria Josana de Lima Oliveira; Miguel Rossetto; Pedro Uczai; Robervone Nascimento; e Vanderley Ziger.

O ex-parlamentar é o terceiro confirmado na equipe de transição do Lula. Além dele, Simone Tebet (MDB) faz parte do time do presidente eleito.

A senadora por MS integra a Frente de Desenvolvimento Social. Assim, a segunda a ser confirmada foi a ativista e ex-secretária Nacional de Enfrentamento à Violência contra as Mulheres, Aparecida Gonçalves.

João Grandão

Advogado, professor e bancário, João cumpriu dois mandatos na Câmara dos Deputados por MS, de 1999 a 2003.

Parlamentar na Alems (Assembleia Legislativa de Mato Grosso do Sul), João representou a Casa de Leis na I Feira Nacional da Reforma Agrária, realizada em 2015. Então, nas eleições de 2018, ele tentou a reeleição.

No entanto, teve a candidatura indeferida pela Justiça Eleitoral junto com outros 11 candidatos. Assim, seguiu fazendo campanha com liberação da Justiça, enquanto recorria em instâncias superiores.