Justiça Eleitoral vai informar relação dos devedores de multa eleitoral nas eleições de 2022

Eleições de 2022: pagamento de multas é o que subsidia parte do fundo partidário
| 29/05/2022
- 11:10
TRE
Sede da Justiça Eleitoral de MS, no Parque dos Poderes. - (Foto: Marcos Ermínio, Jornal Midiamax, Arquivo).

Daqui uma semana, a vai divulgar aos partidos a relação de quem deve eleitoral. A informação embasa a expedição de quitação eleitoral, determinante nas eleições de 2022.

Esse dado, bem como outros divulgados, fazem parte do calendário do TSE (Tribunal Superior Eleitoral). Tem datas e definições ao longo de 2022, sobretudo, até 2 de outubro, quando os eleitores vão às urnas para o primeiro turno.

Geralmente, o pagamento de multas inscritas em Dívida Ativa da União, por débitos com a Justiça Eleitoral de quem deixa de votar e não justifica, por exemplo, é o que subsidia parte do fundo partidário.

Eleições de 2022

Nas eleições de 2022, serão escolhidos presidente, governador, deputados federais e estaduais.

Veja também

Evento têm a presença confirmada de Simone Tebet, Ciro Gomes, Jair Bolsonaro e Luiz Inácio Lula da Silva

Últimas notícias