Reinaldo diz colocar à disposição inteligência do DOF para combater crimes transfronteiriços em MS

Prefeito de Pedro Juan Caballero foi atingido por pistoleiros e segue internado na cidade
| 18/05/2022
- 10:29
Reinaldo diz colocar à disposição inteligência do DOF para combater crimes transfronteiriços em MS
Governador Reinaldo Azambuja, em Dourados (Foto: Marcos Morandi, Midiamax)

O governador Reinaldo Azambuja (PSDB) lamentou o ataque sofrido pelo prefeito de , cidade paraguaia que faz fronteira com Ponta Porã, no Mato Grosso do Sul, José Carlos Acevedo. Em visita à nesta quarta-feira (18), ele disse que a situação é preocupante e defendeu vigilância permanente na fronteira.

A respeito da atuação do MS em relação à violência na fronteira com o Paraguai o governador explicou que o MS já tem uma parceria estabelecida. “Temos colocado a nossa estrutura de inteligência e também o nosso Departamento de Operações de Fronteira à disposição. É muito triste a gente ver o que está acontecendo, principalmente do lado paraguaio”, afirmou.

Azambuja fez referência direta ao assassinato do promotor Marcelo Pecci ocorrido na semana passada e também ao atentado desta terça-feira (17), em que o prefeito de Pedro Juan Caballero, José Carlos Acevedo, foi alvo de pistoleiros e está em estado grave no hospital da cidade.

“Nós temos que unir as forças de segurança do Brasil e do Paraguai, para coibir e apoiar ações que possam diminuir essa violência. O que vale para nós agora é montar uma vigilância permanente do lado brasileiro para acabarmos com esses crimes transfronteiriços”, justificou Azambuja.

O atentado

Um vídeo que circulou mostrou o momento em que os pistoleiros chegaram em um carro durante o atentado contra o prefeito da cidade paraguaia de Pedro Juan Caballero, José Carlos Acevedo, 53, em frente à prefeitura da cidade, nessa terça-feira (17). Acevedo conversava com um jornalista, momento em que os autores chegam em um carro branco.

Um dos autores desce pela porta do passageiro ao lado do motorista e outro pistoleiro sai pela porta traseira. De acordo com informações, três pessoas estavam no veículo. Os dois então saem do carro, momento em que ocorre o atentado a tiros.

O criminoso que desce do banco traseiro, aparentemente dá cobertura. Inclusive, no momento da fuga, o motorista sai do local com a porta traseira e do passageiro abertas e, ao perceber que o comparsa arranca com o veículo, o bandido que dava cobertura tem que correr atrás do carro.

José Carlos Acevedo ainda passa por cirurgia no hospital particular Viva a Vida e ele, inclusive, necessita de doações de sangue. No momento, o prefeito passa por duas cirurgias, sendo uma no braço e outra na mandíbula. Acevedo foi atingido por tiros na região da cabeça, tórax e perna. 

Veja também

Últimas notícias