CPI quer retirar 107 padrões da Energisa em MS para análise na USP em até 24h

No segundo dia de CPI, membros deliberaram retirada dos 107 relógios de energia para quinta-feira (5)
| 04/05/2022
- 17:35
CPI quer retirar 107 padrões da Energisa em MS para análise na USP em até 24h

Os membros da CPI (Comissão Parlamentar de Inquérito) da Energisa deliberaram o pedido para retirada dos padrões de energia, durante a reunião extraordinária desta quarta-feira (4), na Assembleia Legislativa. A ação contou com a presença da assessoria da concessionária Energisa e da defensora Jane Inês Dietrich.

A reunião deliberou a ordem de serviço para a retirada de todos os relógios nesta quinta-feira (5), além de definir a organização de equipes para acompanhar a concessionária Energisa durante o procedimento. Participarão servidores do gabinete de cada membro da CPI, como (PRTB), Felipe Orro (PSD), Lucas de Lima (PDT) e (PP).

Os representantes da Concessionária Energisa acompanharam a reunião e não se pronunciaram diante das mudanças apresentadas.

Extraordinária

Na terça-feira (3), ocorreu a primeira reunião extraordinária, no Plenário Deputado Júlio Maia. Os membros do grupo de trabalho realizam uma sessão extraordinária para definir o retorno dos trabalhos e as deliberações das próximas reuniões. Confira os trabalhos da CPI da Energisaclicando aqui.

Transmissão

As reuniões foram pautadas para terça e quarta-feira, no Plenário Júlio Maia, e são transmitidas ao vivo pelos canais oficiais de comunicação da Casa de Leis — canal 9 da Claro Net TV, TV ALEMS, YouTube, Facebook, Rádio Alems e aplicativo Assembleia MS.

*matéria editada às 17h58 para correções de informações

Veja também

Escola passa por reforma, que não deve ser concluída até as Eleições 2022

Últimas notícias