Câmara terá abertura do ano legislativo com restrição de público e trabalho remoto é considerado

Setor administrativo funcionará em meio expediente, de acordo com o presidente Carlão
| 25/01/2022
- 15:42
Vereadores durante sessão na Câmara Municipal de Campo Grande
Vereadores durante sessão na Câmara Municipal de Campo Grande - (Foto: Marcos Ermínio, Jornal Midiamax, Arquivo)

A sessão solene de abertura do ano legislativo da Câmara Municipal de Campo Grande, em 2 de fevereiro, será presencial, mas com restrição de público, de acordo com o presidente, vereador Carlos Augusto Borges (PSB). Quanto à sessão do dia 3, que será a primeira com votação de projetos e medidas de 2022, o dirigente disse que decidirá em reunião nos próximos dias.

O aumento de casos de no começo deste ano faz a Casa de Leis retomar regras e considerar o trabalho remoto, adotado desde 2020 quando a pandemia começou. Os parlamentares só voltaram ao plenário de forma efetiva no segundo semestre de 2021 com a vacinação em andamento.

"No dia 2, vou restringir em torno de 30% a 50% a capacidade de público. Se a sessão do dia 3 vai ser presencial, vou decidir. Algumas restrições vão ter, como meio período de funcionamento no setor administrativo".

No ano passado, a proibição de ocupação de cadeiras juntas foi revogada, mas, agora, será novamente colocada faixa delimitando os espaços. Álcool em gel e uso obrigatório de máscaras continuarão a ser exigidos. 

Veja também

Novo programa de parcelamento de débitos tributários, conhecido como Refis, para médias e grandes empresas...

Últimas notícias