Advogados denunciam falta de servidores e cobram novas contratações no TJMS em Anaurilândia

Comarca de Anaurilândia estaria sem juiz titular há mais de dois anos
| 01/02/2022
- 20:09
Requerimento foi encaminhado para o presidente do TJMS.
Requerimento foi encaminhado para o presidente do TJMS. - Foto: Reprodução | Leitor Midiamax.

Profissionais de advocacia de Anaurilândia protocolaram requerimento para denunciar falta de servidores na Comarca do (Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul) do município. Além disso, pedem que o presidente do Tribunal de Justiça do Estado, desembargador Carlos Eduardo Contar, disponibilize novos servidores e magistrado para o órgão.

No documento, acessado pelo Jornal Midiamax, eles pedem disponibilização de “maior número de servidores para atuação no cartório judicial, bem como mais um magistrado substituto. Eles destacam que a Comarca estaria há mais de dois anos sem titular.

Assim, o órgão conta “apenas com atuação de magistrado substituto, que acaba sendo sobrecarregado pelo volume de trabalho”. Além disso, apontam que “pelo fato do cartório judicial contar com apenas dois analistas para impulsionar o andamento de todos os processos que tramitam na comarca, o que acaba por retardar exageradamente o andamento dos processos judiciais”.

Um dos autores do requerimento afirma que “vários processos estão parados, sem julgamento e a situação foge totalmente da normalidade”. Isso porque existem projetos de “caráter alimentar, situação de expedição de ofício de RPV e precatórios estão no aguardo por andamento há meses, sem expectativa de expedição por falta de servidores”.

O requerimento foi protocolado pelos advogados em 20 de janeiro deste ano. O TJMS foi questionado pela reportagem sobre a situação e até a publicação desta matéria, não havia se posicionado. O espaço segue aberto para manifestação.

Veja também

Procuradoria-Geral de Maracaju afirma que aguardam notificação judicial sobre a condenação de Rogério Bezerra, preso por homicídio

Últimas notícias