Está tramitando na Câmara Municipal de que garantiria blindagem para as viaturas da GCM (Guarda Civil Metropolitana). A matéria é de autoria do vereador Beto Avelar (PSD).

Pela proposta, que é autorizativa, a proteção seria aplicados aos veículos de emprego tático e de patrulhamento padrão, que podem ser adaptadas para receber a blindagem.

Caberá ao Executivo Municipal o nível da proteção a ser aplicada. Para reforçar os veículos, podem ser aplicados recursos do Fusesde (Fundo Municipal de Segurança e Defesa Social).

Na justificativa, Avelar argumenta que as atribuições da GCM não se restringem apenas à proteção do patrimônio público, já que a corporação também garante a segurança do cidadão.

“Daí a necessidade do Poder Público investir no preparo físico e intelectual, na aquisição de armamentos e veículos adequados para o combate à criminalidade, de forma que a tropa esteja sempre preparada para enfrentar o , principalmente nesta região tão próxima da fronteira com Paraguai e Bolívia, isso sem contar a Penitenciária Federal, que detêm em suas celas os piores criminosos do País, tornando a nossa Capital uma espécie de ‘cidade-dormitório' de muitos comparsas dessas organizações criminosas”, escreveu o parlamentar.

A proposta ainda deve ser analisada pela Comissão de Legislação, Justiça e Redação Final; passar pela primeira discussão em plenário; voltar à análise nas comissões de mérito e finalmente ser aprovada em segunda discussão. Após isso, o texto vai para sanção ou veto do prefeito (PSD).