Política

Com mudanças previstas na Seinfra e Segov, Reinaldo anuncia reforma

O governador de Mato Grosso do Sul, Reinaldo Azambuja (PSDB), anuncia na manhã desta segunda-feira (22), nova composição de seu secretariado. O evento na Governadoria será às 7h45. A Subcom (Subsecretaria de Comunicação) não adiantou detalhes, mas a tendência é que se confirmem mudanças na Seinfra (Secretaria de Estado de Infraestrutura) e na Segov (Secretaria […]

Adriel Mattos Publicado em 21/02/2021, às 14h05 - Atualizado em 22/02/2021, às 08h21

Riedel é o principal secretário de Reinaldo, e vem acumulando cada vez mais funções na Segov. (Foto: Chico Ribeiro, Subcom-MS)
Riedel é o principal secretário de Reinaldo, e vem acumulando cada vez mais funções na Segov. (Foto: Chico Ribeiro, Subcom-MS) - Riedel é o principal secretário de Reinaldo, e vem acumulando cada vez mais funções na Segov. (Foto: Chico Ribeiro, Subcom-MS)

O governador de Mato Grosso do Sul, Reinaldo Azambuja (PSDB), anuncia na manhã desta segunda-feira (22), nova composição de seu secretariado. O evento na Governadoria será às 7h45.

A Subcom (Subsecretaria de Comunicação) não adiantou detalhes, mas a tendência é que se confirmem mudanças na Seinfra (Secretaria de Estado de Infraestrutura) e na Segov (Secretaria de Estado de Governo e Gestão Estratégica), como o Jornal Midiamax já adiantou.

Eduardo Riedel, atual chefe da Segov, pode migrar na Seinfra. Para a Segov, Reinaldo estuda indicar o presidente estadual do Podemos, Sérgio Murilo Mota. Os dois se reuniram no fim de semana.

Bastidores

A ida do principal secretário tucano para a pasta de Infraestrutura, que tem um dos maiores orçamentos do Parque dos Poderes já é especulada há vários meses. Questionado recentemente pelo Jornal Midiamax, Riedel disse que a decisão é ‘personalíssima’ do governador.

“Temos que tocar o barco. O governador vai tomar uma decisão até o fim de semana”, disse. Ao longo da gestão de Reinaldo, Riedel acumulou diversas funções, e um projeto de lei deve aumentar ainda mais o poder da pasta.

Luís Roberto Martins de Araújo responde interinamente pela Seinfra. Ele era adjunto do vice-governador Murilo Zauith (DEM), que pediu demissão em janeiro.

Os rumores de entregar uma das secretarias ao Podemos também são antigos. Sérgio Murilo admitiu que iria se encontrar com Reinaldo, mas negou ao Jornal Midiamax que o convite tivesse sido formalizado. “Temos uma conversa agendada, mas não consigo confirmar mais nada”, se limitou a dizer.

Jornal Midiamax