Política

Se ninguém ceder, decisão da disputa no PSDB fica com Reinaldo

Presidente do PSDB de Campo Grande, o vereador João César Mattogrosso crava que não haverá disputa entre os deputados federais Beto Pereira e Rose Modesto pelo comando regional do partido. Caso nenhum dos dois abra mão, o governador Reinaldo Azambuja deve assumir a responsabilidade de conciliar os ânimos. “Com certeza vai ser em consenso. Não […]

Richelieu Pereira Publicado em 04/04/2019, às 13h29 - Atualizado às 14h27

Reinaldo Azambuja durante discurso na sede do partido. (Foto: Divulgação/PSDB)
Reinaldo Azambuja durante discurso na sede do partido. (Foto: Divulgação/PSDB) - Reinaldo Azambuja durante discurso na sede do partido. (Foto: Divulgação/PSDB)

Presidente do PSDB de Campo Grande, o vereador João César Mattogrosso crava que não haverá disputa entre os deputados federais Beto Pereira e Rose Modesto pelo comando regional do partido. Caso nenhum dos dois abra mão, o governador Reinaldo Azambuja deve assumir a responsabilidade de conciliar os ânimos.

“Com certeza vai ser em consenso. Não vai ter disputa, com toda certeza. Ou vão abrir mão um para o outro, ou então vão abrir mão para o governador, mas disputa não vai haver não”, garante Mattogrosso. Questionado sobre a possibilidade de Beto ou Rose não abrirem mão, o presidente da Capital é enfático: “Aí a gente passa para o governador”.

O diretório tucano da Capital será o último de Mato Grosso do Sul a eleger seus dirigentes, no próximo dia 14 de abril. Mattogrosso tem reeleição praticamente garantida, pois é o cabeça da única chapa inscrita para o pleito. “Só se eu perder para o não”, brinca. A chapa ainda conta com os colegas da Câmara João Rocha e Delegado Wellington.

O ex-vereador Flávio César, atual secretário-adjunto da Segov (Secretaria de Governo e Gestão Estratégica), será vice-presidente em Campo Grande. Como fecha o calendário das eleições de diretórios municipais, a promessa é de grande festa na manhã do dia 14, com a presença do governador Reinaldo Azambuja, secretários, deputados, e do prefeito Marquinhos Trad (PSD).

Se ninguém ceder, decisão da disputa no PSDB fica com Reinaldo
João Cesar Matro Grosso ao lado do prefeito Marquinhos Trad (PSD) (Foto: Divulgação/Câmara Municipal)
Jornal Midiamax