Comarca de Rio Verde é elevada e tempo para julgamento de processos pode reduzir pela metade

A comarca judicial de Rio Verde, cidade distante 609 quilômetros de Campo Grande, foi elevada à categoria de segunda entrância. O ato de promulgação aconteceu na manhã desta quinta-feira (20), na Assembleia Legislativa. Quem comandou o ato foi o presidente da Casa, deputado estadual Junior Mochi (MDB). Segundo o deputado, a comarca de Rio Verde […]
| 20/09/2018
- 20:22
Comarca de Rio Verde é elevada e tempo para julgamento de processos pode reduzir pela metade
Comarca de Rio Verde é elevada e tempo para julgamento de processos pode reduzir pela metade
Foto: ALMS

A comarca judicial de Rio Verde, cidade distante 609 quilômetros de Campo Grande, foi elevada à categoria de segunda entrância. O ato de promulgação aconteceu na manhã desta quinta-feira (20), na Assembleia Legislativa.

Quem comandou o ato foi o presidente da Casa, deputado estadual Junior Mochi (MDB). Segundo o deputado, a comarca de Rio Verde é a que mais possui demanda de processos entre as cidades que integram a primeira entrância.

“A elevação irá distribuir e aplicar melhor a justiça, de forma célere e eficaz. Por meio da relação harmônica entre o Parlamento Estadual e o Poder Judiciário, foi possível atender essa reivindicação antiga da população”, disse.

Segundo o presidente da seção da OAB-MS (Ordem dos Advogados do Brasil) em Rio Verde, Jucelino Oliveira da Rocha, atualmente 5 mil processos tramitam na cidade e demoram cerca de 5 anos para serem julgados. A expectativa é que o tempo de julgamento seja reduzido pela metade.

Além de elevar à categoria de Segunda Entrância, a lei cria uma nova vara e oito cargos de confiança. “É uma medida que possibilitará uma resposta rápida aos jurisdicionados, de moda a atender aos princípios constitucionais da eficiência e da razoável duração do processo”, afirma o desembargador Sideni Soncini Pimentel.’

Veja também

Só nos 6 primeiros meses de 2022 MS teve 23 feminicídios registrados

Últimas notícias