Reinaldo Azambuja e o filho, Rodrigo Souza, chegam à sede da PF
Carro em que governador e filho chegaram à PF

O governador e seu filho, Rodrigo Souza, chegaram à sede da por volta das 14h15 desta quarta-feira (12). Ambos são investigados por suposta participação em um esquema de propinas investigado na Operação Vostok.

No local também havia seguranças do governador, que o acompanhavam.

A cúpula do governo de Reinaldo é alvo da operação da Polícia Federal que apura suposto esquema de pagamento de propinas em troca de benefícios fiscais em Mato Grosso do Sul. 

Ainda nesta manhã, a Polícia Federal realizou buscas no apartamento de Rodrigo Souza Silva e há uma mandado de prisão contra o filho do governador.

Confira AQUI a lista de todos os presos na operação.

Segundo o promotor de Justiça Marcos Alex Vera de Oliveira, do MP-MS (Ministério Público de Mato Grosso do Sul), há uma investigação em andamento no MPE-MS em relação a Rodrigo.

Operação

A Polícia Federal divulgou que aproximadamente 220 policiais federais cumprem 41 mandados de busca e apreensão e 14 mandados de prisão temporária, no âmbito da Operação Vostok, em Campo Grande, Aquidauana, Dourados, Maracaju, Guia Lopes de Laguna, e no município de Trairão, no Estado do Pará.

Além destes, também foram cumpridos outros três mandados de busca e apreensão expedidos pela Justiça Estadual do Mato Grosso do Sul, pedidos pelo MP-MS (Ministério Público Estadual), de ações, que segundo a PF, têm o mesmo objeto ligado aos fatos investigados em âmbito federal.