‘História de eterna superação de desafios'

 
A senadora (PMDB-MS) homenageou a Santa Casa de Campo Grande pelo centenário da instituição. Ela fez discurso no Plenário do Senado, nesta terça-feira (22). Simone homenageia Santa Casa de Campo Grande por centenário

 “É uma história de eterna superação de desafios”, disse a senadora ao relatar os problemas enfrentados pela entidade nos últimos anos, quando chegou a ficar sob intervenção.

Simone elogiou a atuação do atual presidente Dr. Esacheu Nascimento ao citar a qualidade do atendimento pediátrico, os ambulatórios reformados, o centro cirúrgico totalmente equipado, o centro obstétrico revitalizado e o laboratório clínico com capacidade de até 400 mil exames por mês. 

Ela disse ainda que a Santa Casa de Campo Grande tida como “case de sucesso” pelo Ministério da Saúde em razão da evolução do hospital em meio a crise que acomete a área da saúde no Brasil, com mais de 2 mil hospitais filantrópicos fechados nos últimos 2 anos em todo o país. Hoje é a 4ª em tamanho, e a 3ª maior Santa Casa do país, possui 23 especialidades, algumas são referências para o SUS. Como por exemplo: tratamento de queimados e cirurgias neonatal e pediátrica na área de Cardiologia.
Subfinanciamento

“O problema das entidades públicas não está na má gestão, mas no subfinanciamento. Paga-se muito aquém do serviço e com atraso. A conta não fecha”, disse a senadora. Desde o Plano Real, a tabela do SUS foi reajustada em 93%, em média; em contraste, a inflação medida pelo INPC/IBGE foi de 413%.
Pró Santas Casas

Simone Tebet ainda defendeu a aprovação rápida no Senado do projeto que cria o Programa de financiamento preferencial as instituições filantrópicas sem fins lucrativos, o Pró Santas Casas. A proposta já passou pelo Senado e a Câmara. Por causa de uma pequena alteração terá de ser novamente votada no Senado. A proposta junta duas modalidades de crédito, uma para reestruturação e outra para capital de giro.
A senadora foi aparteada pelos senadores Wademir Moka e Ana Amélia.