PT define presidência na Capital no domingo: confira quem concorre

Maria Rosana disputa com Agamenon do Prado 
| 25/04/2017
- 21:52
PT define presidência na Capital no domingo: confira quem concorre

Maria Rosana disputa com Agamenon do Prado 

A presidência municipal do Partido dos Trabalhadores (PT) será definida no próximo domingo (30), no segundo turno das eleições que tiveram resultado apertado no último dia 9. Enquanto a atual presidente Maria Rosana tenta reeleição, Agamenon do Prado busca a presidência com discurso de reorganizar a base do PT nos bairros da Capital.

Professora de 51 anos e há 25 filiada ao PT, Maria Rosana ficou atrás no primeiro turno com um total de 394 votos contra 418 de Agamenon. Em entrevista ao Jornal Midiamax, Maria afirmou que embora o adversário tenha apoio de seis parlamentares “fortes” do partido, acredita em uma decisão consciente dos filiados.

“Eu acho que o PT precisa, acima de tudo, criar mecanismos de participação interna mais intensos. O PT é um partido de militância muito forte, quem é petista é petista”, declarou a candidata a reeleição.

Caso continue à frente do partido na Capital, Maria pretende fortalecer “a vida do PT” fora do período de eleições. “Precisamos focar na luta das mulheres, na resistência ao golpe, contra a perda de direitos, pelas lutas indígenas e pelos LGBT. Não é bom que a vida interna do partido seja só a questão dos mandatos. O PT é maior”, completou.

O adversário de Maria Rosana é o bacharel em Direito Agamenon do Prado, de 54 anos. Com apoio de grandes nomes do PT no Estado, ele tenta desbancar o grupo que comanda o partido na Capital desde 2000.

“Temos uma militância muito crítica, que geralmente quer saber o programa que os candidatos querem implementar. Nós queremos resgatar o partido para ser de base, organizado nos bairros. Hoje o PT perdeu sua identidade em Campo Grande”, dispara.

Agamenon critica o fato do partido que já teve 50% dos votos dos campo-grandenses ter tido desempenho baixo nas urnas durante as eleições de outubro passado. “Queremos convocar o partido para apresentar programa que resgate a autoestima da nossa cidade, que resgate a mobilidade urbana e que debata sobre dois problemas sérios hoje: a saúde e a educação”, completa o candidato adversário.

As eleições deste domingo acontecem na Câmara Municipal, a partir das 8 horas. As urnas fecham às 17 horas. Para votar, é necessário ser filiado e levar um documento com foto. Quem não votou no 1º turno poderá ir às urnas neste fim de semana. 

Veja também

O deputado estadual e pré-candidato ao Governo do Estado, Capitão Contar anunciou nas redes sociais...

Últimas notícias