Ele foi intimado para dar explicações por duas vezes

Bernal tem contas de campanha desaprovadas por Justiça Eleitoral

No dia 24 de abril, o progressista havia sido notificado para que em 72 horas esclarecesse irregularidades apontadas em relatório preliminar. Já em 19 de maio houve notificação com o mesmo prazo, mas desta vez para sanar atos irregulares apontados em novo relatório.

De acordo com o programa responsável por divulgar informações de campanha, Bernal gastou no pleito de 2016 pouco mais de R$ 537 mil, sendo que recebeu doações que totalizam R$ 580,6 mil. O principal doador foi ele mesmo que investiu R$ 105,3 mil na própria campanha.  Ao Jornal Midiamax, o ex-prefeito disse que vai recorrer da decisão e tem “total e tranquila segurança de correção das contas”.