Reinaldo diz que aumento a servidor vai depender do Brasil em 2017

Governador anunciou reforma administrativa para ano que vem
| 24/11/2016
- 18:00
Reinaldo diz que aumento a servidor vai depender do Brasil em 2017

Governador anunciou reforma administrativa para ano que vem

Após o titular da Sefaz (Secretaria de Estado de Fazenda), Marcio Monteiro (PSDB), afirmar que seria ‘insanidade’ planejar aumento de salário para os servidores estaduais para o próximo ano, o governador Reinaldo Azambuja (PSDB) revelou que o assunto ainda não está decidido.

“O secretário colocou essa questão com relação à responsabilidade fiscal. O servidor do Estado sempre terá nosso carinho e atenção, e se terá ou não aumento, vai depender de como estará o Brasil em 2017”, frisou Reinaldo, durante agenda pública na governadoria na manhã desta quinta-feira (24).

O governador voltou a falar que todos os Estados da Federação passam por um ‘momento de reestruturação administrativa’, para tentar contar os gastos com a gestão pública e gerar economia aos cofres.

Reinaldo citou a diminuição de secretarias, de 15 para 13, implementado no início de sua gestão, e disse que até o início do próximo ano irá divulgar os pontos da reforma administrativa em seu governo.

Monteiro revelou que ele e Azambuja deverão cumprir agenda em Brasília hoje e amanhã, sexta-feira (25), para discussão da PEC (Proposta de Emenda Constitucional), que estabelece teto de gastos públicos, que pode congelar reajuste a servidores. 

Veja também

O partido também confirmou a pré-candidatura de Tiago Botelho na disputa ao Senado

Últimas notícias