Política

Líder do PMDB na Assembleia chama Nelsinho Trad de covarde

Rocha comparou despedida dos irmãos Trad do partido

Ludyney Moura Publicado em 01/03/2016, às 15h17

None
img_1830_-_victor_chileno.jpg

Rocha comparou despedida dos irmãos Trad do partido

Durante a despedida do deputado Marquinhos Trad do PMDB, o líder do partido na Assembleia Legislativa, Eduardo Rocha, teceu duras críticas ao irmão do parlamentar, o ex-prefeito da Capital, Nelsinho Trad (PTB), que recentemente também deixou a sigla.

“Achou louvável a atitude do Marquinhos, que não fez igual ao irmão, um covarde, saiu sem avisar ninguém”, disparou Rocha, que assim como outros membros da bancada peemedebista desejaram boa sorte ao membro da família Trad.

Nelsinho, que em agosto de 2015 anunciou sua filiação ao PTB, deixou o PMDB depois de divergências com o ex-governador André Puccinelli, a quem acusou de fazer ‘corpo-mole’ durante as eleições de 2014.

“(Marquinhos) Não fez como outros que saíram pela porta dos fundos”, disparou Rocha, um dos principais apoiadores do ex-governador na Assembleia.

Nelsinho publicou uma nota, onde afirmou que ‘eventuais dissabores e decepções decorrem da fragilidade de uns poucos, e não da essência orgânica e fértil do partido, formada por suas bases populares’.

Desde que deixou o PMDB rumo ao PTB, Nelsinho já assumiu a presidência do diretório regional dos trabalhistas prometendo reestruturar a sigla em Mato Grosso do Sul. 

Jornal Midiamax