Política

‘Fui escalado para parar a Lava Jato’, afirma Delcídio a jornal do RJ

Ele critica o governo na entrevista

Midiamax Publicado em 15/03/2016, às 18h33

None
deus.jpeg

Ele critica o governo na entrevista

O senador Delcídio do Amaral conversou nesta tarde com o jornalista Lauro Jardim, do Jornal O Globo. Foram poucas palavras, mas elas ampliam ainda mais o clima de fervura depois homologação pelo STF (Supremo Tribunal Federal) do acordo de colaboração entre o senador e a Operação Lava Jato. Ao jornalista, o ex-petista afirma que foi 'escalado' para parar a operação que investiga o rombo na Petrobras.

Delcídio adota tom duro em relação à gestão do PT. “Cadê o governo que se dizia republicano, que nada interferiria nas investigações? A gravação do Aloizio (Mercadante) confirma o que eles sempre negaram”, questiona, em alusão à fala que consta do documento de delação de que o Ministro da Educação tentou 'comprar' o silêncio dele.

O parlamentar prossegue. “Na minha delação fica claro que fui escalado, como líder do governo, pela Dilma e pelo Lula para barrar a Lava-Jato”, completa.

Na fala divulgada pelo jornal, Amaral também atinge o ex-ministro Edinho Silva, da Secretaria de Comunicação da Presidência da República. “O (ministro) Edinho (Silva) não sairá vivo deste processo. Ele arrecadava recursos ameaçando, na linha do 'ou está com a gente ou está contra'.”

Quando procurada hoje, a assessoria de imprensa de Delcídio disse que ele não se manifestaria.

Jornal Midiamax