Política

Ex-diretor de trânsito também será candidato a prefeito de Campo Grande

Engenheiro atuou na gestão de Juvêncio

Midiamax Publicado em 24/02/2016, às 11h22

None
12782367_10205552760725577_956089235_n.jpg

Engenheiro atuou na gestão de Juvêncio

Não é só partidos considerados grandes, pela bancada na Câmara ou na Assembleia, que terão candidatos a prefeito de Campo Grande. O fato de nenhum candidato se destacar (com longa margem em pesquisas), pelo menos até o momento, faz surgir novas candidaturas, como no caso do PTN.

O partido definiu que terá candidato a prefeito na Capital e escalou o ex-diretor de Trânsito de Campo Grande, Aroldo Figueiró, como  pré-candidato. Ele atuou na gestão de Juvêncio César da Fonseca na Capital.

Aroldo Abussafi Figueiró tem 63 anos e atua como engenheiro civil há 30 anos e foi secretário de transporte e trânsito por duas gestões, bem como diretor-adjunto do Detran. Atualmente ele atua como professor universitário e coordenador do Eixo de Saneamento Ambiental no Conselho Estadual das Cidades de Mato Grosso do Sul.

A candidatura também tem como objetivo angariar votos para o partido e fortalecer a chapa de vereadores, com voto de legenda.  A previsão é de que o partido lance chapa pura para vereador. Caso se destaque, Aroldo pode repetir a fórmula usada por Alcides Bernal (PP) em 2012, quando a coligação conseguiu eleger dois vereadores. 

Jornal Midiamax