Política

Segunda votação para reduzir taxa de vistoria no Detran-MS fica para dia 30

Líder do governo garante que população não será prejudicada

Midiamax Publicado em 25/06/2015, às 18h37

Foto Ilustrativa | Reprodução
Foto Ilustrativa | Reprodução - Foto Ilustrativa | Reprodução

Líder do governo garante que população não será prejudicada

Ficou para a próxima terça-feira (30) a segunda votação de projeto, do governo estadual, que reduz em 20% a taxa de vistoria veicular obrigatória para fins de licenciamento, no caso de veículos com cinco ou mais anos de fabricação. Como o prazo para licenciamento das placas final 1 e 2 vence no fim de junho, muitos donos de veículos podem não contar com o benefício imediatamente.

O líder do governo na Assembleia Legislativa, Professor Rinaldo (PSDB), no entanto, garantiu que a população não será prejudicada. A matéria já passou, em primeira votação, mas precisa de novo crivo parlamentar antes de seguir para sanção do governador, Reinaldo Azambuja (PSDB).

Além da redução da taxa, o projeto prevê a necessidade de apenas uma vistoria ao longo de um ano, e determina que 10% da arrecadação sejam destinados a campanhas educativas de trânsito. Na prática, o custo do serviço cairá de R$ 106 para R$ 85.

O projeto chegou em abril à Assembleia. Mas, os deputados esperavam orientação do Denatran (Departamento Nacional de Trânsito) sobre a regulamentação da vistoria, documento que chegou somente na semana passada.

Jornal Midiamax