Negociação vai até dia 10 de maio

O secretário de Administração, Wilson Prado, informou ao Midiamax que a prefeitura ainda não fechou as negociações, mas enfrenta muita dificuldade para negociar o dos servidores.

Segundo Wilson, hoje a prefeitura não tem condições de dar nenhum reajuste aos servidores. Ele pondera que a negociação permanece até o dia 10 de maio, quando a prefeitura pretende encerrar as negociações.

O secretário explica que além da remuneração a discussão inclui melhorias trabalhistas e até redução de jornada, que está sendo discutida com o prefeito de , Gilmar Olarte (PP).

Nesta segunda-feira (4) os servidores do quadro administrativo da Educação fizeram uma paralisação chamada de “alerta” ao prefeito. Na próxima quinta-feira (7) está programada uma assembleia dos servidores públicos no Sisem, quando decidirão se aceitam ou não a proposta que deve ser apresentada na quarta-feira (6).

O secretário Wilson Prado não confirmou, mas a reportagem do Midiamax recebeu a informação de que a prefeitura quer um prazo para dar o reajuste, que não seria concedido já para o próximo pagamento. A proposta da prefeitura é adiar a data para o reajuste, que deveria ser dado na folha deste mês de maio.

A prefeitura alega que enfrenta dificuldade por conta de ações de outros gestores, incluindo na lista André Puccinelli (PMDB), Nelsinho Trad (PMDB) e Alcides Bernal (PP). Entre os entraves citados estão: redução de ICMS, aumento de salário dos servidores, dado por Bernal, e aumento da hora-atividade.