Política

Justiça Eleitoral cassa vereador após erro em prestação de contas

Decisão foi divulgada nesta quinta (29) no Diário da Justiça Eleitoral  

Midiamax Publicado em 29/10/2015, às 12h18

None
paulo_.jpg

Decisão foi divulgada nesta quinta (29) no Diário da Justiça Eleitoral  

O TRE (Tribunal Regional Eleitoral) decidiu derrubar liminar e cassar o mandato de Paulo dos Reis (PMDB), vereador em Aquidauana, município 139 quilômetros a oeste de Campo Grande. A decisão, divulgada nesta quinta-feira (29) no Diário da Justiça Eleitoral, decorre de ação no qual o parlamentar responde por irregularidades na prestação de contas durante campanha de 2012. 

A ação é movida pelo Ministério Público Estadual e originária da 10ª Zona Eleitoral. Em decisão, ocorrida durante julgamento no dia (27), Paulo Reis teve seu diploma de vereador cassado por unanimidade – ele estava no cargo graças a uma liminar, conseguida após cassação em primeira instância, no ano passado.

“De acordo com o parecer, negaram provimento ao recurso, tornando sem efeito a liminar então concedida e, ainda, determinaram que se comunique à Câmara Municipal de Aquidauana para as providências pertinentes quanto à cassação do diploma de vereador do recorrente”, diz a decisão.

Conforme o site Tribuna do Pantanal, Paulo Reis já disse que recorrerá ao TSE (Tribunal Superior Eleitoral). “Respeito decisão da justiça, mas vou lutar até a ultima instância para manter o mandato conquistado nas urnas durante o pleito eleitoral de 2012, para que possa continuar lutando por dias melhores para a nossa população”, informou.

O suplente que deve assumir a vaga é Iran Rezende. O peemedebista cassado foi o mais votado nas eleições de 2012, e já foi secretário de Saúde em Aquidauana entre 2009 e 2012. (Com supervisão de Evelin Araujo).

Matéria editada no dia 30 de outubro para correção de informações 

Jornal Midiamax