Jamal descarta demissão e diz que continua na Saúde ‘para ajudar Olarte’

Secretário não cogita retorno à Câmara
| 04/05/2015
- 18:52
Jamal descarta demissão e diz que continua na Saúde ‘para ajudar Olarte’

Secretário não cogita retorno à Câmara

O secretário de Saúde, Dr. Jamal, assegurou ao Jornal Midiamax que não pretende entregar a secretaria ao prefeito Gilmar Olarte (PP). A possível saída de Jamal começou a ser ventilada depois que a secretária de Educação, Ângela Brito, deixou o cargo. Ambos enfrentam dificuldade por conta dos cortes que atingem as duas secretarias, consideradas as mais importantes.

“Continuo como secretário. O prefeito precisa de mim e eu continuo trabalhando. O Município, assim como o país, passam por crise, mas nós vamos continuar firmes, mantendo o diálogo e tentando encontrar solução”, declarou.

O secretário defende Olarte, alegando que qualquer um no lugar dele agiria da mesma maneira, ainda que tomasse medidas mais amargas para combater a crise que atinge o país.

“Ninguém quer tomar medidas mais amargas, mas é necessário. É um momento de todo mundo se abraçar e ter fé de que a crise é passageira. É preciso ter paciência, que nós vamos ficar bem”, concluiu.

Jamal e Edil Albuquerque (PMDB) deixaram a Câmara Municipal para ajudar Olarte. Edil foi para a Sedesc, mas já retornou para a Câmara. A saída de Jamal abriu espaço para Dr. Loester (PMDB), que é primeiro-suplente na coligação. Se Jamal voltar, Loester fica sem mandato.

 

 

 

Veja também

Os investimentos serão feitos em obras de mobilidade urbana, pavimentação, recapeamento e outros

Últimas notícias