Após ajudar a criar CPI, vereador dá relatoria a Olarte

Base assumiu controle da CPI
| 08/05/2015
- 14:03
Após ajudar a criar CPI, vereador dá relatoria a Olarte

Base assumiu controle da CPI

O vereador Eduardo Romero (PTdoB) amenizou o mal-estar com a base ao dar a relatoria da CPI das Contas Públicas a um dos principais defensores do prefeito na Câmara, vereador Airton Saraiva (DEM). Após surpreender, assinando a favor da CPI, o vereador foi decisivo ao ajudar o prefeito a ter um bom controle da investigação.

Na terça-feira (5), Romero surpreendeu colegas da base ao assinar a favor da CPI e anunciar que a partir de agora é independente na Câmara. O discurso pegou a base de surpresa, sem que conseguisse barrar a CPI, também assinada por outro aliado até então, o vereador Chocolate (PP).

Depois de assinar a favor, Romero se colocou à disposição para integrar a CPI e conseguiu. Ele foi escolhido como membro junto com Paulo Pedra (PDT), Thais Helena (PT), Airton Saraiva e Wanderlei Cabeludo (PMDB), dando vantagem a oposição e base na comissão.

Quem viu o discurso do vereador ao anunciar saída da base, jamais acreditaria que, dias depois, ele amenizaria o desagrado ao prefeito dando a relatoria da CPI a Airton Saraiva. O vereador teve a oportunidade de se aliar à oposição e ficar com a relatoria e presidência, mas resolveu dar para o aliado direto do prefeito um dos cargos mais importantes da CPI.

A ajuda de Romero fez a base passar de derrotada a grande vitoriosa na CPI, visto que caberá a Saraiva, que nem assinou a favor da investigação, fazer o relatório final dos trabalhos.

Na sessão de ontem o vereador Paulo Pedra (PDT) tinha reclamado da “operação abafa” na CPI, mas Edil Albuquerque rebateu, dizendo que não existia nada disso. Depois, após muita confusão, acabou emplacando Saraiva, que articulou e conseguiu ganhar Romero, em uma estratégia muito bem montada.

Saraiva e Cabeludo se colocaram como candidatos a relator e presidente, respectivamente, no começo da discussão. Eles apertaram até Cabeludo dizer que desistia da presidência para um acordo, convencendo Romero, que deu a relatoria a Saraiva e ficou como presidente.

Na quarta-feira (6) o prefeito se reuniu com todas as lideranças partidárias em uma tentativa de estreitar a relação com aliados e, no dia seguinte, já conseguiu vitória na Câmara. A primeira reunião da CPI acontece na próxima segunda-feira (11). 

Veja também

Candidato ainda aguarda julgamento do pedido pela Justiça Eleitoral

Últimas notícias