Política

Puccinelli manda ‘recado’ sobre fidelidade para vereadores que se aproximam de Bernal

O governador André Puccinelli (PMDB) afirmou que assim como os outros partidos, o PMDB também prega fidelidade partidária. O peemedebista preferiu não julgar sobre a postura do vereador Paulo Siufi (PMDB) que demonstra ter aderido à base do prefeito de Campo Grande, Alcides Bernal (PP). Segundo o governador, a situação deve ser analisada pela Comissão […]

Arquivo Publicado em 21/02/2014, às 11h38

None
2129429929.jpg

O governador André Puccinelli (PMDB) afirmou que assim como os outros partidos, o PMDB também prega fidelidade partidária. O peemedebista preferiu não julgar sobre a postura do vereador Paulo Siufi (PMDB) que demonstra ter aderido à base do prefeito de Campo Grande, Alcides Bernal (PP).

Segundo o governador, a situação deve ser analisada pela Comissão de Ética do partido. Apesar disso, Puccinelli ressaltou a questão da fidelidade partidária dos peemedebistas.

Paulo Siufi participou de um evento da prefeitura  e fez elogios ao prefeito e até ao secretário Municipal de Saúde, Ivandro da Fonseca, de quem foi um dos maiores críticos. O vereador afirmou que “hoje pode dizer que as pessoas estão em primeiro lugar” na administração municipal.

Em outras ocasiões, o comportamento de Siufi também foi alvo de crítica. Primeiro quando Bernal deu cedência de seis funcionários da prefeitura para seu gabinete. E depois quando peemedebista indicou a diretora-presidente do Instituto Municipal de Previdência de Campo Grande (IMPCG).

Na primeira situação, Siufi foi obrigado a voltar atrás e abrir mão das cedências para não correr o risco de sofrer processo de expulsão do partido.

Jornal Midiamax