Pedro Chaves confirma a adesão de seis vereadores, mesmo com declarações contrárias dos supostos novos aliados. Paulo Siufi não está na lista do secretário de Governo

O secretário de Governo, Pedro Chaves, prometeu anunciar novos aliados do prefeito de Campo Grande, Alcides Bernal (PP), até o fim desta semana. Até o momento ele conta com a adesão de dez vereadores. Ao contrário do que o próprio prefeito garantiu, ele não confirmou Paulo Siufi (PMDB) na base de sustentação.

Segundo Pedro Chaves, mudaram de lado os vereadores: Alceu Bueno (PSL), Dr. Jamal (PR), Edson Shimabukuro (PTB), Paulo Pedra (PDT) e Carlão (PSB).  Além destes nomes, o prefeito também garantiu que o vereador Paulo Siufi também tinha aderido à base, mas o secretário não confirmou o peemedebista na sua conta.

“Já temos 11 vereadores, além dos novos os seis que já integravam a base. Ainda estamos conversando com os partidos. Quanto ao Siufi, ele está indeciso”, afirmou Pedro Chaves. Ainda compõem a base aliada os petistas Alex do PT, Zeca do PT e Ayrton Araújo, Luiza Ribeiro (PPS), Gilmar da Cruz (PRTB) e Cazuza (PP).

Dos nomes que estão na lista, Dr. Jamal e Alceu Bueno negam terem aderido à base. Eles garantem que estão aguardando o andamento do diálogo do Executivo com o Legislativo para decidirem. “Isso é equívoco deles, Para mim eles estão assinando que estão na base”, pontuou.

Bueno, inclusive, é integrante da Comissão Processante que investiga o prefeito por irregularidades em contratos emergenciais que poderá resultar na cassação de Bernal.

Pedro Chaves disse ainda que nesta semana tem marcadas reuniões com dos presidentes de partido e seus integrantes, mas não revelou as siglas. “Vou falar oportunamente. Até quinta ou sexta-feira já terei um posicionamento oficial”, disse.

O secretário disse ainda que sua conversa não se restringe apenas aos dirigentes estaduais, mas inclui também os nacionais. “Diz respeito ao prefeito da Capital, é um processo mais abrangente porque envolve deputados estaduais, federais, senadores e presidentes das nacionais”, finalizou.