Política

Salário de vereadores da Capital deve passar de R$ 9 mil para R$ 15 mil em 2013

O presidente da Câmara Municipal de Campo Grande, vereador Paulo Siufi (PMDB), declarou na manhã desta terça-feira (30), durante sessão na Câmara Municipal, que os vereadores devem aprovar o reajuste salarial no final dos trabalhos, em dezembro. Siufi ressalta que o efeito é de cascata e os vereadores devem reajustar também o salário do novo […]

Arquivo Publicado em 30/10/2012, às 15h36

None
1109835699.jpg

O presidente da Câmara Municipal de Campo Grande, vereador Paulo Siufi (PMDB), declarou na manhã desta terça-feira (30), durante sessão na Câmara Municipal, que os vereadores devem aprovar o reajuste salarial no final dos trabalhos, em dezembro.

Siufi ressalta que o efeito é de cascata e os vereadores devem reajustar também o salário do novo prefeito. O reajuste fará os vereadores receber 75% do salário de um deputado estadual, que hoje é de R$ 20 mil.

Com o reajuste de 66% os vereadores deixaram de ganhar R$ 9 mil para receber um salário de R$ 15 mil. O reajuste dos vereadores será nove vezes maior do que o anunciado para o trabalhador comum, que deve ter reajuste de 7% em 2013, quando o salário mínimo deve sair de R$ 622 para 667,75.

Paulo Siufi declarou que sempre foi contra o aumento do número de vereadores, que passará de 21 para 29 em 2013. Ele prevê dificuldades para o novo presidente administrar a Casa com os 4,5% do duodécimo encaminhados pelo Executivo.

O aumento do salário deve ser feito de uma legislatura para outra. O salário de um vereador é baseado na remuneração do deputado estadual, mas também no número de habitantes do município. Eles podem variar de 20%, no caso de municípios com até 10 mil habitantes, e até 75% do salário do deputado, no caso de municípios com mais de 500 mil habitantes.

Recentemente os vereadores de Dourados aprovaram aumento de 60% e viram o salário subir de R$ 6.129 para R$ 10 mil. Também foram reajustados os salários em Sidrolândia e Amambai, que terão reajuste de 62%, passando de R$ 3.715,00 para R$ 6 mil.

Jornal Midiamax