Política

Puccinelli chama imprensa para desdenhar candidatura de Zeca e indica temor

O governador André Puccinelli (PMDB) minimizou nesta terça-feira (23) a popularidade do ex-governador Zeca do PT em Campo Grande. Para Puccinelli, o petista, como puxador de votos na corrida por vagas na Câmara Municipal, não garantirá a eleição de três vereadores da oposição. “Estão fazendo a conta errada porque para eleger um vereador é preciso […]

Arquivo Publicado em 23/04/2012, às 14h06

None

O governador André Puccinelli (PMDB) minimizou nesta terça-feira (23) a popularidade do ex-governador Zeca do PT em Campo Grande. Para Puccinelli, o petista, como puxador de votos na corrida por vagas na Câmara Municipal, não garantirá a eleição de três vereadores da oposição.


“Estão fazendo a conta errada porque para eleger um vereador é preciso 16 mil votos, para três, 64 mil. Eu, particularmente, duvido que o Zeca terá 30 mil votos”, disse, durante entrega de medalhas no comando da PM (Polícia Militar).


Puccinelli chamou os jornalistas para desdenhar a pré-candidatura do petista. Para alguns, a atitude seria a prova do temor do projeto de Zeca atrapalhar os planos do PMDB na Capital.


No início da semana passada, Zeca anunciou disputar vaga de vereador para fortalecer a pré-candidatura do deputado federal Vander Loubet (PT) a prefeito.


A notícia empolgou a militância petista e aproximou ainda mais o PT do PSB. De olho em aumentar a bancada no Legislativo, o presidente municipal do PSB, vereador Carlão, afirmou que a participação de Zeca na chapa majoritária seria um motivo a mais para discutir aliança com o PT.

Jornal Midiamax